You are currently viewing Maioria dos casos de cegueira do Brasil podem ser evitados

Maioria dos casos de cegueira do Brasil podem ser evitados

  • Post category:Oftalmologia

Quem nunca brincou de vendar os próprios olhos com as mãos, só para sentir como seria ficar sem enxergar por alguns minutos, na tentativa de dar alguns passos sem derrubar ou quebrar algo? Provavelmente você também já fez isso, mas logo desistiu da ideia, devido ao desespero de ficar sem ver a luz do dia, as coisas, as cores, as pessoas.

Mas, essa é a realidade de milhares de pessoas, que são acometidas por doenças oculares que levam à cegueira. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a cada cinco segundos um adulto fica cego, no mundo. E a cada um minuto, uma criança. No Brasil, há em torno de um milhão de cegos e quatro milhões de deficientes visuais (que possuem até 30% da capacidade visão), segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO). O número é alto, mas a constatação mais grave é de que 60% a 80% dos casos de cegueira seriam evitáveis, se diagnosticados precocemente.

Por isso, as consultas regulares ao oftalmologista precisam fazer parte da rotina desde a primeira infância e se estender por todas as fases da vida. Essas visitas devem ocorrer mesmo na ausência de sintomas, pois existem doenças que evoluem de forma assintomática, como o glaucoma.

Principais causas de cegueira evitável

Catarata, glaucoma, retinopatia diabética e degeneração macular relacionada à idade (DMRI), são as causas mais comuns de cegueira no Brasil. O glaucoma, a retinopatia diabética e a degeneração macular provocam a perda irreversível da visão se não tratadas precocemente. Conheça a seguir, algumas características de cada doença.

Catarata

Doença caracterizada pela perda de transparência do cristalino – lente com a função de propiciar o foco da visão em diferentes distâncias. A catarata evolui lentamente, ela vai embaçando a visão até que a pessoa consiga enxergar somente vultos e luzes. Em casos extremos, pode ocorrer a cegueira.

Os principais sintomas são visão nebulosa, enxergar brilhos, visão dupla, dificuldade para ler, dirigir e andar, sensibilidade à luz. A prevenção passa por hábitos saudáveis, como não fumar, manter boa alimentação e ter cuidados com a exposição solar.

Glaucoma avançado

O glaucoma avançado é a principal causa de cegueira irreversível no Brasil e no mundo. Trata-se de uma doença caracterizada, na maioria das vezes, pelo aumento da pressão intraocular. Ela é chamada de doença silenciosa, porque na fase inicial não gera sintomas, dificultando o diagnóstico e tratamento precoce. Quando a visão começa a ficar comprometida, é um sinal de que ela já apresenta maior gravidade.

O tratamento do glaucoma, geralmente, pode acontecer com a utilização de colírios. É um tratamento farmacológico, com utilização de medicamentos que permitem reduzir ou estabilizar a pressão intraocular. No caso de doenças crônicas, como a diabetes e suas complicações aos olhos, a prevenção e o tratamento adequado são de vital importância, visando evitar ou retardar a progressão do glaucoma.

Retinopatia Diabética avançada

Essa é uma das complicações da diabetes e uma das principais causas de cegueira nos adultos. Está relacionada principalmente ao descontrole da glicemia. Dentre os sintomas da retinopatia diabética é possível citar:

moscas-volantes (pontos escuros ou claros na visão)
• dificuldade para diferenciar as cores
• borrões e pontos escuros na visão

Essa condição pode ser tratada, mas não tem cura. Os casos avançados, se não forem devidamente cuidados, podem resultar em cegueira irreversível. O tratamento da retinopatia diabética pode ser feito de diversas formas de acordo com a gravidade da doença. Laser, injeções intraoculares de agentes antiangiogênicos e até mesmo a cirurgia intraocular poderão ser indicados.

Degeneração Macular Relacionada à Idade

Essa doença ocorre em uma parte da retina chamada mácula e leva a perda progressiva da visão central. É a causa mais comum de perda da visão em pessoas acima de 50 anos. O principal sintoma da degeneração macular é uma dificuldade na visão central. Geralmente a pessoa vê uma mancha que impede que ela enxergue com nitidez. O tratamento da degeneração macular pode envolver o uso de vitaminas específicas e aplicação de injeções intraoculares de anti-inflamatórios e antiangiogênicos.

Principais fatores de risco

Existem alguns fatores de risco para a cegueira ou perda de visão. Dentre eles estão:

• Idade
• Pessoas que possuem graus altos de miopia
• Trauma
• Pessoas que trabalham diretamente com produtos químicos
• Desnutrição infantil grave
• Pessoas com diabetes e hipertensão arterial não controlados
• Uso abusivo de bebidas alcoólicas
• Drogas ilícitas
• Tabaco
• Certos medicamentos sem controle médico

Diagnóstico da perda de visão

Em todos os casos, para diagnosticar a cegueira ou perda de visão, o oftalmologista realizará testes de acuidade visual (capacidade visual), biomicroscopia, exame de fundo de olho, medida de pressão intraocular, exame de refração, em alguns casos, exame de campo visual para avaliar visão periférica e outros exames mais específicos.

É extremamente válido ressaltar que a procura da avaliação médica deve acontecer imediatamente após notar qualquer redução na visão, já que existem fatores que podem ser reversíveis e o atendimento rápido pode tratar a questão. Mas, não espere isso acontecer. Faça seu checkup oftalmológico, no mínimo, uma vez ao ano.

Quer saber mais sobre cegueira evitável? Aproveite para se consultar com nossos oftalmologistas e tirar todas as suas dúvidas, basta clicar aqui e marcar a consulta. Leia também outros artigos e conheça mais dos temas relacionados à oftalmologia, tratados no COI.